Exo kai fashion 2018

Date: 20.10.2018, 15:51 / Views: 63395
Закрыть ... [X]

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

EXO (: 엑소; : Ekso; : Ek'so) é um - de . Formado pela em 2011, o grupo estreou em 2012 com doze membros separados em dois subgrupos, EXO-K e EXO-M, performando músicas em e , respectivamente. Atualmente, ele é composto por nove membros: , , , , , , , , e . Sua formação original também incluía , e , que saíram após abrirem processos contra a S.M. Entertainment.

Sua estreia oficial ocorreu em 8 de abril de 2012 com o lançamento do "" do . Em 2013, conquistou seu primeiro grande êxito ao lançar seu primeiro álbum de estúdio, , e o "", vendendo mais de dois milhões de unidades digitais da canção apenas na Coreia do Sul. Poucos meses após o lançamento de "Growl", XOXO acumulou um milhão de cópias vendidas, fazendo com que EXO se tornasse o primeiro artista de em doze anos a ultrapassar a marca. Os álbuns de estúdio subsequentes, (2015), (2016) e (2017), continuaram com vendas fortes, todos totalizando mais de um milhão de cópias vendidas se tornando os únicos artistas coreanos a terem o título de quadruple million seller.

Descrito como "a maior boyband do mundo" pela Dazed e , é o artista com o maior número de grandes prêmios (: 대상; : Daesangs) da história. Desde 2014, tem classificado-se nas cinco primeiras posições da lista de celebridades poderosas da Forbes Korea, ocupando a posição mais alta para grupos masculinos de K-pop em 2015, 2016 e 2017. Em 2015, realizou sua estreia no mercado fonográfico japonês com o lançamento do "". Em 2018 foram homenageados pela (KOMC), casa da moeda nacional coreana, com medalhas oficiais comemorativas em reconhecimento por serem o centro da Onda Coreana/Hallyu e por estarem no topo entre os grupos coreanos.

Índice

Formação e antecedentes[ | ]

Antes da estreia do grupo, os integrantes passaram por um treinamento sistemático na . O líder do grupo, , foi o primeiro integrante a entrar na agência e possui o maior período de treinamento, totalizando sete anos. Os demais integrantes juntaram-se à agência com o passar dos anos. Os últimos a entrarem na empresa foram e , ambos vocalistas principais, que entraram em 2011 através do sistema de casting da S.M.

Em janeiro de 2011, o fundador da S.M. Entertainment, , anunciou seus planos de estrear um novo grupo masculino em março ou abril do mesmo ano. Em maio, Soo-man falou sobre o grupo em um seminário empresarial da realizado na . Na apresentação, ele explicou a sua estratégia de separá-lo em dois subgrupos, M1 e M2, que promoveriam as mesmas canções na Coreia do Sul e na China, em coreano e mandarim. Ele planejava estreá-lo em maio de 2011, porém a estreia foi adiada. Notícias sobre o grupo vieram à tona em outubro de 2011 quando o produtor brevemente discutiu sobre seus planos de conceito para o grupo em entrevista ao .

Em dezembro, oficializou seu nome como EXO—retirado de , termo que se refere à fora do —com o nome EXO-K para o subgrupo sul-coreano e EXO-M para o subgrupo chinês. Os doze membros da formação original foram introduzidos individualmente através de vinte e três diferentes teasers lançados de dezembro de 2011 a fevereiro de 2012., , , e Chen foram os quatro primeiros membros a serem apresentados, estreando na apresentação pública no evento da Gayo Daejun em 29 de dezembro de 2011.

2012: Pré-lançamentos e MAMA[ | ]

Em 30 de janeiro de 2012, os subgrupos lançaram "", seus primeiros . Em 9 de março, foi lançado o single promocional "". O concerto de estreia do grupo foi realizado no em 31 de março, cem dias após o lançamento de seu primeiro teaser em 21 de dezembro de 2011. Cerca de três mil pessoas de oito mil candidatos foram selecionadas para participarem do showcase. Um segundo concerto foi realizado no grande salão da Universidade de Negócios e Economias Internacionais em em 1 de abril..

A estreia oficial dos subgrupos ocorreu em 8 de abril com o lançamento do single "" do .EXO-K realizou sua apresentação de estreia na Coreia, performando no programa musical , enquanto o EXO-M a realizou na China, performando na décima segunda edição do Yinyue Fengyun Bang Awards. Um dia após seu lançamento, a versão mandarim do single alcançou a primeira posição de vários sites e paradas musicais chinesas. Seu videoclipe alcançou a primeira posição em sites de chineses, e a versão coreana chegou ao número sete na Parada Global do . O EP do subgrupo coreano classificou-se na primeira posição da e oitava da Parada de Álbuns Mundiais da , enquanto a versão do subgrupo chinês alcançou a quarta e décima segunda, respectivamente.

No final de abril, EXO-M performou como artista convidado no concerto realizado em , da turnê Super Show 4 do seu companheiro de empresa . Em novembro, EXO recebeu o prêmio "Melhor Novo Grupo Asiático" no . O subgrupo coreano foi indicado para três prêmios na vigésima sétima edição do , recebendo o "Prêmio de Newbie do Ano", enquanto o subgrupo chinês foi premiado "Grupo Mais Popular" no Top Chinese Music Awards.

2013: XOXO, sucesso comercial e Miracles in December[ | ]

EXO com a ex-presidenta sul-coreana em 28 de junho de 2013.

Em 3 de junho de 2013, foi lançado o primeiro álbum de estúdio do grupo, intitulado . Ele foi lançado em duas versões—uma em coreano, Kiss, e uma em mandarim, Hug. Os subgrupos colaboraram para o single do álbum, intitulado "", e gravaram o resto do álbum separadamente. Poucos dias após seu lançamento, as canções alcançaram o topo de quase todas as paradas sul-coreanas e chinesas. Ambas versões do álbum alcançaram a primeira posição da Parada de Álbuns Mundiais da Billboard uma semana após o lançamento. "Wolf" foi lançada em 30 de maio, e alcançou a 10ª posição da Parada Digital do Gaon. Ela foi a primeira canção do grupo a ganhar um prêmio de um programa musical, recebendo um troféu do em 14 de maio de 2013.

A de XOXO foi lançada em 5 de agosto de 2013 com três faixas adicionais. Sua faixa-título, "", foi lançada em 1 de agosto. Em 18 de agosto, o single alcançou 10.554 pontos nos gráficos do , estabelecendo um novo um recorde no programa. Eleita Canção do Ano no e Melhor Música do Mundo no , "Growl" alcançou a primeira posição em todos os quatro principais programas musicais coreanos, totalizando dez vitórias. As vendas do álbum ultrapassaram um milhão de cópias, fazendo com que o EXO se tornasse o primeiro artista de K-pop em doze anos a ultrapassar a marca. Ele foi o álbum mais vendido na Coreia em 2013, recebendo o Disco Daesang no Golden Disc Awards e no .XOXO também recebeu o do Mnet Asian Music Awards, tornando EXO o grupo masculino mais jovem a ganhá-lo.

Em 9 de dezembro de 2013, lançou seu primeiro EP especial de inverno, intitulado . O grupo iniciou as promoções através do reality show EXO's Showtime, que estreou em 28 de novembro de 2013 através da MBC Every 1. Realizou sua apresentação de retorno em 5 de dezembro de 2013, performando o single "" no .

2014: Overdose, processos de Kris e Luhan e primeira turnê[ | ]

O terceiro extended play do grupo, intitulado , foi lançado em 7 de maio de 2014. Seu lançamento estava agendado para 21 de abril, porém, devido ao , o mesmo foi adiado. Os subgrupos separaram-se novamente para divulgá-lo, fazendo-o na Coreia do Sul e na China simultaneamente. Ele tornou-se o EP mais pré-encomendado da história, alcançando mais de 660 mil pedidos de pré-vendas. A versão coreana alcançou a segunda posição da Parada de Álbuns Mundiais da Billboard, também classificando-se na 129ª posição da .Overdose foi o álbum mais vendido de 2014 na Coreia do Sul, tendo sido o primeiro extended play a ficar no topo das paradas anuais e a ser nomeado Álbum do Ano no Mnet Asian Music Awards.

Em 14 de maio de 2014, a S.M. Entertainment confirmou que o líder do EXO-M, , havia aberto um processo judicial para terminar seu contrato, declarando violação dos como o motivo principal. A primeira do grupo, , teve seu início em 23 de maio na . Os ingressos para o concerto esgotaram em 1.47 segundo, quebrando o recorde de concerto mais rapidamente vendido por um artista coreano. Em 10 de outubro, o também membro do EXO-M Luhan entrou com um processo para anular seu contrato, devido problemas de e por alegadamente ser tratado de forma diferente dos membros coreanos. Após os processos, foi anunciado que o EXO continuaria como um grupo de dez membros.

Em 22 de dezembro, lançou seu primeiro álbum ao vivo, . O álbum estreou na primeira posição da Parada de Álbuns do Gaon e acumulou mais de setenta mil cópias vendidas até o final do mês. Apesar de não promover-se ativamente no Japão, foi o artista de K-pop com vendas mais altas no país em 2014.

2015: EXODUS, processo de Tao, estreia japonesa e Sing for You[ | ]

A segunda turnê do EXO, The EXO'luXion, foi anunciada em janeiro de 2015. Cinco concertos foram realizados no Estádio Olímpico de Seul a partir de 7 de março. Mais de um milhão e duzentos mil fãs tentaram comprar ingressos .[68]

Em 30 de março, seu segundo álbum de estúdio, , foi lançado em coreano e mandarim. Foram acumulados mais de quinhentos mil pedidos de pré-venda em apenas 24 horas, estabelecendo um novo recorde. A faixa-título "" foi lançada três dias antes do álbum devido versões vazadas. Seus videoclipes foram lançados quatro dias mais tarde, com a versão coreana tendo sido o vídeo musical mais visualizado do primeiro semestre de 2015. "Call Me Baby" foi muito bem sucedida, sendo a segunda canção mais premiada em programas musicais sul-coreanos. A versão coreana do álbum também quebrou recordes após ficar na primeira posição da Parada de Álbuns do Gaon por quatro semanas consecutivas. Eventualmente, EXODUS acumulou mais de um milhão de cópias vendidas, sendo o segundo álbum do grupo a fazê-lo após XOXO. Ele também trouxe para o grupo a terceira nomeação consecutiva de "Álbum do Ano" no Mnet Asian Music Awards, Seoul Music Awards, Golden Disc Awards e Melon Music Awards. Em maio, quebrou o recorde da Billboard 200 como o artista coreano de maior colocação, ocupando a nonagésima quinta posição. Também alcançou a nonagésima oitava posição da parada canadense , tendo sido o primeiro grupo de K-pop a classificar-se nela.

Do começo de abril até o final de maio, EXO estrelou em seu próprio webdrama, intitulado . Ele foi o segundo webdrama mais visualizado de 2015. O sucesso levou a  re-editá-lo em uma versão de filme, que foi vendida na sexagésima oitava edição do . Em 22 de abril, o pai de publicou uma carta através do expressando seus sentimentos e desejo que seu filho se retirasse do grupo e voltasse para a China; devido à falta de apoio da empresa em relação à sua carreira individual e questões de saúde. Poucas horas após a postagem, a S.M. Entertainment divulgou uma declaração oficial dizendo que eles estariam "buscando uma solução em direção ao desenvolvimento" negociando com Tao e seu pai.

Em 3 de junho, uma versão repaginada do EXODUS, intitulada , foi lançada. Esta versão contém as faixas originais do EXODUS e quatro novas canções, incluindo a faixa-título "". Devido à inatividade de Tao, o grupo a divulgou com apenas nove membros. Em 10 de outubro, EXO tornou-se o primeiro artista a realizar um concerto em um Dome na Coreia com o EXO - Love Concert in Dome. Os ingressos para o evento foram à venda em 21 de setembro, e a alta demanda causou a queda do servidor por mais de cinquenta minutos e o esgotamento de todos os ingressos. Cerca de vinte e dois mil fãs preencheram o Gocheok Sky Dome para o evento.

Após assinar com a , o grupo realizou sua estreia japonesa em 4 de novembro de 2015. Seu primeiro lançamento no Japão foi o "", composto pela versão japonesa de "Love Me Right" e uma nova canção, "Drop That". Ele estreou na primeira posição da ; totalizando mais de 147 mil unidades vendidas e estabelecendo recorde como o single japonês de estreia por um artista sul-coreano mais bem-vendido. Como parte de sua turnê The EXO'luXion, performou para mais de 145 mil fãs no de 6 a 8 de novembro, quebrando o recorde de menor quantidade de tempo desde a estreia para realizar um concerto no local. Em 9 de novembro, lançou o single "" como parte da colaboração entre a S.M. Entertainment e a para promover o filme antes de seu lançamento na Coreia do Sul.

Em 10 de dezembro, lançou seu segundo EP especial de inverno, , juntamente de duas faixas-título, "Sing for You" e "Unfair". O EP quebrou o recorde de vendas mais altas na primeira semana de um artista coreano, vendendo mais de 267 mil cópias em sua primeira semana, que foi superado no ano sucessor com o lançamento do terceiro álbum de estúdio do grupo, . A S.M. Entertainment confirmou que parte dos lucros de Sing for You seriam doados para a campanha "Smile for You" da para apoiar a educação musical para crianças na .

2016: Turnê norte-americana, EX'ACT, Coming Over e For Life[ | ]

EXO na conferência de imprensa do lançamento do Ex'act em junho de 2016

Em fevereiro de 2016, EXO realizou concertos da turnê The EXO'luXion em cinco cidades : , , , e . No mesmo mês, foi classificado pela Forbes Korea como a celebridade mais influente da Coreia. Em março, finalizou sua turnê apresentando-se três vezes em Seul para mais de 42 mil pessoas. Ela totalizou mais de 740 mil ingressos vendidos para 44 concertos em 12 países.

Seu terceiro álbum de estúdio, , foi lançado pela S.M. Entertainment em 9 de junho. As versões coreana e mandarim estrearam, respectivamente, nas duas primeiras posições da Parada de Álbuns do Gaon, enquanto a versão combinada estreou na segunda posição da Parada de Álbuns Mundiais da Billboard. Foram realizados mais de seiscentos e sessenta mil pedidos de pré-venda, também tendo estabelecido um recorde ao vender pouco mais de meio milhão de cópias em sua primeira semana de vendas.EX'ACT foi o álbum mais vendido na Coreia do Sul em 2016, sendo o terceiro álbum do grupo a totalizar mais de um milhão de unidades vendidas. Ele também foi premiado com o Disco Daesang do Golden Disc Awards e com o Grande Prêmio do Mnet Asian Music Awards e do Seoul Music Awards, estabelecendo um recorde como primeiro artista a ganhá-los por quatro anos consecutivos.

EX'ACT é composto por dois singles com estilos musicais distintos, "" e "", disponibilizados em conjunto do lançamento do álbum. "Monster" foi a primeira canção do grupo a conquistar a primeira posição na Parada de Músicas Digitais Mundiais da Billboard, enquanto "Lucky One" alcançou a terceira.

Como parte das promoções do álbum, o grupo colaborou com revista W Korea no projeto "EXOclusive", que consistiu no lançamento de cinquenta e quatro páginas em uma edição de nove capas individuais dos integrantes. Foram vendidas pouco menos de um milhão de cópias, estabelecendo um recorde de maior número de vendas para uma revista de moda na Coreia. Em 15 de julho, foi lançado o jogo de celular oficial do grupo, EXORUN, co-desenvolvido pela Putto Entertainment e SM Mobile Communications. Em 21 de julho, Kris e Luhan oficialmente saíram do grupo com o fim de suas disputas de contrato com a S.M. Entertainment. No dia seguinte, EXO embarcou em sua terceira turnê, intitulada The EXO'rDIUM. Após realizar concertos na frente de mais de oitenta e quatro mil pessoas, estabeleceu um recorde como o primeiro artista a realizar seis concertos consecutivos na Olympic Gymnastics Arena.

Uma versão repaginada de EX'ACT, intitulada , foi lançada em 18 de agosto. As versões coreana e mandarim alcançaram, respectivamente, a primeira e segunda posição na Parada de Álbuns do Gaon. Sua foi lançada em conjunto de três novas canções não inclusas na versão original. Ela conquistou a primeira posição da Parada de Músicas Digitais Mundiais da Billboard e o segundo lugar na Parada Digital do Gaon. Em 17 de setembro, foi lançado o single "", uma faixa de colaborativa com o comediante , através do projeto . A canção alcançou o primeiro lugar em sete paradas musicais da Coreia do Sul e estreou na terceira posição da Parada de Músicas Digitais Mundiais da Billboard. Ela foi inclusa no primeiro álbum de compilação do projeto, intitulado S.M. Station Season 1, que teve seu lançamento em 6 de abril do ano seguinte.

Em 7 de dezembro, EXO lançou seu segundo CD single japonês, "". Foram vendidos mais de 150 mil álbuns físicos no Japão em sua primeira semana de vendas, recebendo uma da . Ele também alcançou a quadragésima primeira posição na Parada Anual de 2016 do Oricon. Em 18 de dezembro, lançou seu terceiro EP especial de inverno, . Inspirando-se nas doações que fizeram no ano anterior, foi relatado que o grupo doou todos os lucros do EP para a caridade. Mesmo sem divulgá-lo em programas musicais, foram vendidos mais de 300 mil unidades físicas em sua primeira semana de vendas. O grupo terminou o ano com mais de 2,13 milhões de cópias vendidas dos álbuns do grupo, dos integrantes e da subunidade, estabelecendo ainda mais um recorde.

2017: The War e Universe[ | ]

EXO na 9ª edição do Dream Concert em junho de 2017

Em 30 de março de 2017, foi anunciado que o grupo finalizaria sua terceira turnê, The EXO'rDIUM, com dois shows no Estádio Olímpico de Seul, o maior estádio da Coreia do Sul, realizados em 27 e 28 de maio.EXO foi o quinto artista de K-pop a realizar um show no estádio, apresentando-se na frente de mais de setenta mil pessoas no total. Os ingressos para ambas as noites esgotaram-se em menos de trinta minutos.

Em junho de 2017, a agência anunciou que o próximo álbum de estúdio do grupo seria lançado sem a participação do integrante , devido ao cronograma de promoção na China dele ter se sobreposto com o do grupo. O álbum, intitulado , obteve mais de 800 mil cópias encomendadas em sua pré-venda. Seu lançamento digital ocorreu em 18 de julho em conjunto do single "", enquanto seu lançamento físico ocorreu no dia seguinte. A faixa-título classificou-se na primeira e segunda posição na Parada Digital do Gaon e na Parada de Músicas Digitais Mundiais da Billboard, respectivamente. Sua coreografia tornou-se viral, levando à criação do . Com a alta popularidade da canção, acumularam-se onze troféus de programas musicais. O álbum também foi bem recebido, estreando na primeira posição da parada de álbuns do Gaon e da parada de álbuns mundiais da Billboard. Pouco menos de um mês após seu lançamento, mais de um milhão de cópias foram vendidas apenas na Coreia do Sul, sendo o quarto álbum de estúdio consecutivo do grupo a ultrapassar a marca. Se tornou seu álbum mais bem sucedido na dos e foi o seu quinto álbum a receber o grande prêmio em álbum do ano no Mnet Asian Music Awards.

O álbum foi relançado sob o título The War: The Power of Music em 5 de setembro, com a adição de três faixas inéditas, incluindo o single "". Em 14 de setembro, a canção recebeu a pontuação máxima de onze mil pontos no programa musical , fazendo com que o EXO se tornasse o primeiro artista a alcançá-la após mudanças no sistema do programa terem sido implementadas em junho de 2015. Essa vitória fez com que o grupo totalizasse cem prêmios de programas musicais, sendo o único artista masculino da história a alcançar tal marca.

Em 19 de outubro, EXO anunciou sua terceira turnê mundial – quarta no total –, The EℓyXiOn. Os concertos começaram a partir do dia 24 de novembro de 2017 no estádio Gocheok Sky Dome em Seoul, Coreia do Sul e se encerraram no dia 11 de agosto de 2018 em Macau, China. A procura por ingressos para os últimos dias dos shows foram intensas, registrando no site de vendas 1,15 milhões de acessos , esgotando todos os ingressos em 0,2 segundos quebrando recorde mundial. No mês seguinte, foi anunciado o lançamento do álbum de estúdio japonês Countdown para 24 de janeiro de 2018. Em 5 de dezembro de 2017, foi liberada uma versão encurtada do videoclipe de "Electric Kiss", single do álbum. Em 26 de dezembro, lançou , um extended play com temática natalina composto por sete faixas, incluindo um single homônimo. Seu lançamento estava agendado para 21 de dezembro, porém, devido à morte de , integrante do grupo , agenciado pela mesma agência do EXO, o mesmo foi adiado.

Exo com o Presidente da Coreia do Sul, , e nas Olímpiadas de Inverno de 2018.

2018–presente: Countdown e Don't Mess Up My Tempo[ | ]

Em 16 de janeiro, "Power" tornou-se a primeira música do K-pop a ser tocada na Fonte de Dubai, o maior sistema de fontes coreografadas do mundo, localizado no Lago , em . "Power" foi inicialmente programada para ser reproduzida até o final de janeiro, contudo, sua reprodução foi prorrogada até 31 de março com um total de cinco shows por semana. Em 31 de janeiro, EXO lançou seu primeiro álbum japonês . Inicialmente, foi planejado para ser lançado no dia 24 de janeiro, mas foi adiado por uma semana.Countdown estreou no número um na lista semanal de Oricon, vendendo cerca de 89.000 cópias. Isso fez da EXO o primeiro grupo estrangeiro cujo álbum único e completo de estréia alcançou o primeiro lugar na lista semanal de Oricon. Dez dias após o lançamento, em 9 de fevereiro, a certificou Countdown com um disco de ouro.

No início de fevereiro, foi anunciado que a EXO atuaria na cerimônia de encerramento dos em 25 de fevereiro como representantes do , juntamente com a cantora . Isto foi depois que cantou o hino nacional na cerimônia de abertura da assembléia geral do em 5 de fevereiro e EXO realizada no concerto dos Jogos Olímpicos de 2018, um concerto especial realizado em 1º de novembro de 2017 para comemorar os cem dias da abertura dos jogos. A apresentação do grupo chamou a atenção da mídia global generalizada; muitos elogiaram o desempenho de Exo.

Em 3 de outubro de 2018, foi anunciado que o quinto álbum de estúdio do EXO, , será lançado em 2 de novembro do mesmo ano. Também foi revelado que a versão chinesa de Don't Mess Up My Tempo incluiria o membro , sendo este o seu primeiro álbum com o EXO desde a Lotto em 2016.

Exo-CBX no Festival Busan One Asia em Outubro de 2016.

EXO-CBX[ | ]

Ver artigo principal:

Em 5 de outubro de 2016, a S.M. Entertainment anunciou a primeira subunidade do EXO composta por três membros: , e , que anteriormente lançaram uma trilha sonora original intitulada "For You" para a série de televisão da SBS da qual o membro Baekhyun faz parte do elenco. O nome foi revelado ser EXO-CBX poucas semanas depois. Sua estreia ocorreu em 31 de outubro, com o lançamento do extended play e do single homônimo. O single trouxe para a subunidade um troféu do programa musical The Show, conquistado em 15 de novembro de 2016.Hey Mama! foi o sexto álbum com maiores vendas na Coreia do Sul no ano, totalizando mais de duzentas e setenta mil cópias vendidas.

Em maio do ano seguinte, realizou sua estreia no mercado fonográfico japonês com o lançamento do EP e da faixa-título "Ka-CHING!". O EP totalizou mais de sessenta mil cópias no Japão, alcançando a segunda posição da parada de álbuns do .

Em 10 de abril de 2018 seu segundo EP e single homônimo são lançados . O grupo realizou uma transmissão ao vivo no mesmo dia intitulada EXO-CBX's Blooming Day! no Yes24 Live Hall, onde eles falaram sobre o álbum e cantaram o single . O EP foi um sucesso de vendas, batendo a primeira semana de vendas do em apenas dois dias, assim estreando em #1 no gaon album chart do mês de abril , recebendo certificado de platina pelas mais de 350 mil cópias vendidas .

Em janeiro, através de um programa on-line na LINE, eles anunciaram que se prepararam para sua primeira turnê no Japão chamada "Magical Circus" em maio e junho. A turnê terá oito shows com quatro cidades no Japão, incluindo: Yokohama, Fukuoka, Nagoya e Osaka. Seu primeiro álbum de estúdio japonês, , foi lançado em maio de 2018 com a faixa título "Horololo". O álbum conquistou o #1 no chart Oricon de mais vendidos da semana na terceira semana já lançado tendo vendido mais de 40 mil cópias na primeira semana .

Atividades individuais[ | ]

Em 28 de outubro de 2016, tornou-se o primeiro artista do grupo a realizar sua estreia como solista. Seu extended play de estreia, intitulado , foi um sucesso de vendas tanto na Coreia do Sul quanto na China, quebrando o recorde sul-coreano de vendas mais altas por um solista, com mais de duzentas e setenta mil cópias vendidas apenas em 2016, e totalizando mais de um milhão de cópias vendidas digitalmente na plataforma musical chinesa Xiami..

Em 25 de setembro de 2017, a SM Entertainment divulgou um vídeo da música "I Need U", uma faixa de pré-lançamento de seu álbum , que foi lançado em 7 de outubro . A faixa principal Sheep foi lançado junto com o videoclipe no lançamento do álbum. Em seu primeiro dia de vendas digitais, o álbum bateu cinco recordes na QQ Music: Ouro, Ouro Duplo, Ouro Triplo, Platina, e Diamante (¥ 5 milhões em 9 horas e 11 minutos), ganhando o título de Álbum do Ano no Tecent Video Star Awards na China .

  • (: 시우민), nascido Kim Min-seok (: 김민석) em , , Coreia do Sul em de (28 anos).
  • (: 수호), nascido Kim Jun-myeon (: 김준면) em , Coreia do Sul em de (27 anos). É o líder do grupo.
  • (: 레이), nascido Zhang Jiashuai (: 張加帥, : 张加帅) em , , China em de (27 anos). Lay alterou seu nome de nascimento para Zhang Yixing (: 張藝興, : 张艺兴) e também é conhecido por seu nome coreano Jang Ye-heung (: 장예흥).
  • (: 백현), nascido Byun Baek-hyun (: 변백현) em , Gyeonggi, Coreia do Sul em de (26 anos).
  • (: 첸), nascido Kim Jong-dae (: 김종대) em Siheung, Gyeonggi, Coreia do Sul em de (26 anos).
  • (: 찬열), nascido Park Chan-yeol (: 박찬열) em Seul, Coreia do Sul em de (25 anos).
  • (: 디오), nascido Do Kyung-soo (: 도경수) em , Gyeonggi, Coreia do Sul em de (25 anos).
  • (: 카이), nascido Kim Jong-in (: 김종인) em , , Coreia do Sul em de (24 anos). É a face do grupo.
  • (: 세훈), nascido Oh Se-hun (: 오세훈) em Seul, Coreia do Sul em de (24 anos). É o visual do grupo.

Ex-integrantes[ | ]

  • (: 루한), nascido Lu Han (: 鹿晗) em Haidian, , China em de (28 anos). Era a face e o visual do EXO-M.
  • (: 크리스), nascido Li Jiaheng (: 李嘉恒) em , China em de (27 anos). Era o líder do EXO-M. Kris alterou seu nome de nascimento para Wu Yifan (: 吳亦凡, : 吴亦凡).
  • (: 타오), nascido Huang Zitao (: 黄子韬) em , , China em de (25 anos).

Repartição dos subgrupos[ | ]

EXO estreou com doze membros divididos em dois subgrupos, EXO-K e EXO-M, performando músicas em coreano e mandarim, respectivamente. Após o anúncio da inatividade de Tao, passou a realizar seus lançamentos sob o nome EXO. A formação original dos subgrupos consistia em:

  • EXO-K: Suho, Baekhyun, Chanyeol, D.O., Kai, Sehun
  • EXO-M: Xiumin, Luhan, Kris, Lay, Chen, Tao

Ver também:

Ver também:

Em 28 de novembro de 2013, foi transmitido o primeiro episódio do primeiro estrelado pelos integrantes do grupo, intitulado EXO's Showtime. Lançado como parte das promoções do EP , o programa mostra os bastidores de suas vidas diárias e como eles agem fora dos palcos. No ano seguinte, foi lançado XOXO EXO, que acompanhou as atividades do grupo após seu retorno ao cenário musical com o EP . Eles também estrelaram no programa EXO 90:2014 junto de alguns integrantes do , onde refilmaram vídeos musicais das canções de K-pop mais populares na década de 1990.

No início de 2015, , , , e estrelaram no SurpLines EXO, um programa lançado em colaboração com a Line TV. Em abril, os membros estrelaram em seu próprio , intitulado . O mesmo foi muito bem-sucedido, tendo sido o segundo webdrama com o maior número de visualizações de 2015, ficando atrás apenas de , estrelado pelo integrante Xiumin. O sucesso levou a re-editá-lo em uma versão de filme, que foi vendida no 68º . Em agosto, em preparação para sua estreia japonesa, foi lançado o EXO Channel, um filme-documentário dividido em 21 episódios com entrevistas dos membros e vídeos de suas apresentações.

Em junho de 2016, como parte da divulgação do seu terceiro álbum , foi lançada a série exclusiva EXOMENTARY no aplicativo de streaming V Live+ , que mostra os membros com seus habilidades especiais em atividades individuais e bastidores do seu novo álbum. Já no ano seguinte, durante a passagem da turnê em território , foi gravado o novo reality show intitulado EXO TOURGRAM mostrando a passagem deles pelo país, contendo 30 episódios com duração entre 9 e 15 minutos . Em 2018, a unit lança seu primeiro reality show gravado no Japão, a Travel the World on EXO’s Ladder , sendo transmitido pela XtvN (canal de tv sul coreano) e através da plataforma de conteúdos Oksusu. São 40 episódios no total, tendo atingido mais de 20 milhões de visualizações na plataforma.

Todos os membros da banda também mantêm carreiras solo em cinema, televisão e teatro.

Exo ganhou inúmeros prêmios na Coréia do Sul, China e mundialmente. Em 2013, pouco mais de um ano após sua estreia oficial, o grupo recebeu seu primeiro Grande Prêmio (: 대상; : Daesang) no , com seu "" sendo nomeado . Logo apos, recebe também seu primeiro Daesang no na categoria com seu álbum , sendo o artista mais jovem a receber tal prêmio. Exo entrou para o como o grupo que mais ganhou Daesang na premiação , na categoria de 2013 até 2017. Desde então, recebeu mais vinte e três Grandes Prêmios nas premiações de maior destaque da indústria musical sul-coreana, tais como e , e tornou-se o artista com o maior número de grandes prêmios da história. Ele é o segundo artista masculino mais premiado da história do K-pop, recebendo mais de 238 prêmios de premiações e sendo indicado para mais de 50 outros. Tendo recebido majoritariamente prêmios da Ásia, também recebeu vários prêmios de premiações internacionais, como do e do .

Totalizando mais de cem prêmios de programas musicais, é o artista sul-coreano com o maior número de vitórias nos mesmos. Sua primeira vitória ocorreu em 14 de junho de 2013, com o single "" recebendo um troféu do programa . "", single de seu segundo álbum de estúdio, é a segunda canção mais premiada nos programas, com dezoito prêmios, ficando atrás apenas de "", canção do cantor que obteve vinte vitórias nos mesmos.

Em 3 de novembro de 2017, Exo é o primeiro grupo da terceira geração a receber o prêmio de Premiação do Primeiro Ministro da Coreia no Prêmio Popular de Cultura e Artes da Coréia, que foi dado em reconhecimento ao serviço público ou á excelência em seu campo. Ao receber o prêmio, disse: "Recebemos um prêmio tão grande ao lado de pessoas brilhantes... é uma grande honra. Nós nos tornaremos performers que não apenas promoverão o , mas também a Coréia.

Endossos[ | ]

No início de fevereiro de 2013, EXO começou a promover a marca de roupas sul-coreana Kolon Sport. Ele gravou um comercial para o novo par de tênis que recebeu seu nome, MOVE-XO. No mesmo ano, o grupo lançou uma linha de roupas chamada Boy Who Cried Wolf (BWCW), fazendo parceria com várias marcas de rua sul-coreanas. A loja de colaboração foi temporária, e era localizada no OUTLAB em Garosu-gil, Sinsa-dong. Ele também possui um contrato de endosso de dois anos com a marca de Nature Republic. Atualmente, é endossante de várias outras marcas e empresas, tais como SPAO, Baskin Robbins, IVY Club, MCM Worldwide, Pepero, Lotte World, Lotte Duty Free, MCM, Kangshifu Ice Tea, Hats On, Goobne Chicken e Skechers.

Filantropia[ | ]

Os integrantes do subgrupo sul-coreano, EXO-K, tornaram-se embaixadores da boa vontade da Jovem Cruz Vermelha Coreana em dezembro de 2012. Como embaixadores, colaboraram para que muitos jovens aderissem à causa e começassem a realizar trabalhos voluntários. Em julho de 2014, os integrantes do grupo, juntamente de , foram nomeados embaixadores oficiais do Fashion-KODE 2014, realizado pela Ministério da Cultura, Esportes e Turismo da Coreia, e do Korea Active Content Agency Fashion Festival, realizado pela Associação Coreana de Designers. No mesmo mês, foi anunciado como embaixador da marca para o .

O grupo participa da campanha Smile for U, um projeto entre a S.M. Entertainment e a UNICEF que busca apoiar os sonhos e a educação musical de crianças na Ásia. Parte dos lucros de seu extended play e dos álbuns e foram doados para a campanha. A face e o visual do grupo, e , respectivamente, também participaram em sessões de fotos para a campanha Make A Promise, um projeto entre a marca de luxo e a UNICEF que busca tornar o mundo um lugar melhor, lançando uma iniciativa global com o objetivo de angariar fundos que beneficiarão crianças em necessidade.

Notas

  1. Tao suspendeu suas atividades do grupo em abril de 2015 e, desde então, está com uma ação judicial contra a S.M. Entertainment.
  2. Face é o termo utilizado para determinar o integrante que representa o grupo, sendo ele, geralmente, o mais popular.
  3. Visual é o termo utilizado para determinar o integrante eleito o mais bonito do grupo pela empresa do mesmo.

Referências

  1. ↑ Glasby, Taylor (12 de julho de 2016). (em inglês). Dazed. Consultado em 20 de janeiro de 2017. 
  2. ↑ . Newsen (em coreano). 8 de abril de 2012. Consultado em 30 de abril de 2012. 
  3. Vendas acumuladas para "Growl":
  4. ↑ . (em inglês). 26 de dezembro de 2013. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  5. ↑ . Osen (em coreano). 13 de agosto de 2017. Consultado em 13 de agosto de 2017. 
  6. . SBS PopAsia (em inglês). Consultado em 11 de agosto de 2018
  7. Okwodu, Janelle (7 de março de 2017). (em inglês). . Consultado em 19 de março de 2017. 
  8. ↑ . Taipeimain (em inglês). 1 de novembro de 2016. Consultado em 10 de abril de 2017. 
  9. ↑ . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. 5 de fevereiro de 2016. Consultado em 26 de março de 2017. 
  10. ↑ . koogle.tv (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  11. . Soompi (em inglês). Consultado em 11 de agosto de 2018
  12. . hellokpop (em inglês). 18 de abril de 2018 
  13. (site) (em coreano). Entrevista com Dispatch. Dispatch. 5 de maio de 2012. Consultado em 10 de abril de 2017. 
  14. . Seoul Shinmun (em coreano). 24 de junho de 2013. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  15. . Oh My News (em coreano). Oh My Star. 11 de maio de 2012. Consultado em 10 de abril de 2017. 
  16. . DC News (em coreano). Consultado em 30 de abril de 2012..  
  17. Chandler, Michele (1 de abril de 2011). . (em inglês). Consultado em 31 de março de 2017. 
  18. . (em coreano). 16 de outubro de 2011. Consultado em 30 de abril de 2012. 
  19. . Newsen (em coreano). 29 de dezembro de 2011. Consultado em 30 de abril de 2012. 
  20. . EXO-K (em coreano). S.M. Entertainment. Consultado em 31 de março de 2017. 
  21. . EXO-M (em coreano). S.M. Entertainment. Consultado em 31 de março de 2017. 
  22. . EXO-K (em coreano). S.M. Entertainment. Consultado em 31 de março de 2017. 
  23. . EXO-M (em coreano). S.M. Entertainment. Consultado em 31 de março de 2017. 
  24. Park, Hyunmin (1 de abril de 2012). . Mwave (em inglês). Consultado em 31 de março de 2017. 
  25. Kim, Jiyeon (2 de abril de 2012). . Mwave (em inglês). Consultado em 31 de março de 2017. 
  26. (em inglês). . 3 de abril de 2012. Consultado em 26 de abril de 2012. 
  27. . Sina (em chinês). 10 de abril de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013. 
  28. Lee, Jin-ho (9 de abril de 2012). . Mnet (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2016. 
  29. . Gaon (em coreano e inglês). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 25 de fevereiro de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  30. ↑ . (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 21 de abril de 2012. 
  31. . Gaon (em coreano e inglês). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 25 de fevereiro de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  32. Eun, Elizabeth (30 de novembro de 2012). . enewsWorld. CJ E&M. Consultado em 6 de novembro de 2016. 
  33. Park, Hyunmin (16 de janeiro de 2013). (em inglês). Mwave. Consultado em 31 de março de 2017. 
  34. Jackson, Julie (8 de dezembro de 2013). . (em inglês). Consultado em 31 de março de 2017. 
  35. . (em inglês). 10 de março de 2017. Consultado em 24 de março de 2017. 
  36. 편집국 (12 de julho de 2013). . TenAsia (em coreano). Consultado em 8 de março de 2017. 
  37. Grace Danbi Hong (3 de junho de 2013). . enewsWorld (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2013. 
  38. Jeon Su Mi & Erika Kim (4 de junho de 2013). . enewsWorld (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2013. 
  39. Addy (14 de junho de 2013). . JayneStars (em inglês). Consultado em 1 de agosto de 2013. 
  40. ↑ . KpopStarz (em inglês). 14 de junho de 2013. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  41. . Asia Today (em inglês). 26 de julho de 2013. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  42. KRG (18 de agosto de 2013). . Nate (em coreano). Consultado em 18 de agosto de 2013. 
  43. ↑ . World Music Awards (em inglês). Consultado em 20 de novembro de 2015. 
  44. . KpopStarz (em inglês). 20 de agosto de 2013. Consultado em 29 de agosto de 2013. 
  45. . Gaon (em coreano e inglês). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 24 de março de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  46. . Asia Today (em inglês). 18 de janeiro de 2014. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  47. ↑ 배선영 (29 de novembro de 2013). . TenAsia (em coreano). Consultado em 8 de março de 2017. 
  48. . Yonhap News Agency (em inglês). 18 de abril de 2014. Consultado em 28 de março de 2017. 
  49. . Yonhap News Agency (em inglês). 15 de abril de 2014. Consultado em 28 de março de 2017. 
  50. Jeon Su-mi (13 de maio de 2014). . enewsWorld (em inglês). Mwave. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  51. Benjamin, Jeff (15 de maio de 2014). . (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  52. . (em inglês). 24 de maio de 2014. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  53. ↑ . (em coreano e inglês). . Consultado em 12 de novembro de 2016.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  54. . (em inglês). 5 de dezembro de 2014. Consultado em 28 de março de 2017. 
  55. . Yonhap News Agency (em inglês). 3 de dezembro de 2014. Consultado em 28 de março de 2017. 
  56. . Asia Today (em inglês). 16 de maio de 2014. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  57. Jin, Eun-soo (9 de maio de 2014). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 28 de março de 2017. 
  58. . 미디어펜 (em coreano). 17 de abril de 2014. Consultado em 28 de março de 2017. 
  59. Sung So-young (11 de outubro de 2014). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  60. Chung Joo-won (10 de outubro de 2014). . The Korea Herald (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2014. 
  61. Stanley, Adrienne (10 de outubro de 2014). (em inglês). Kpop Starz. Consultado em 21 de outubro de 2016. 
  62. Park, Gyu-oh (17 de dezembro de 2014). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 28 de março de 2017. 
  63. . (em coreano e inglês). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 2 de março de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  64. . Venture Capital Post (em inglês). 2 de dezembro de 2014. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  65. . Asia Today (em inglês). 17 de janeiro de 2015. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  66. . Asia Today (em inglês). 17 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de fevereiro de 2017. 
  67. . Sports Chosun (em coreano). 22 de janeiro de 2015. Consultado em 14 de abril de 2017. 
  68. Mathew, Ilin (28 de março de 2015). . International Business Times (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  69. . The Korea Times (em inglês). 1 de abril de 2015. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  70. . The Korea Times (em inglês). 27 de março de 2015. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  71. . Osen (em coreano). 2 de julho de 2015. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  72. ↑ (em inglês). SBS Pop Asia. 19 de outubro de 2016. Consultado em 18 de janeiro de 2017. 
  73. Quatro semanas consecutivas em 1º lugar do EXODUS:
  74. . Asia Today (em inglês). 4 de junho de 2015. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  75. . Yonhap News Agency (em inglês). 2 de dezembro de 2015. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  76. Benjamin, Jeff (8 de abril de 2015). . (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  77. . (em inglês). 10 de abril de 2015. Consultado em 31 de março de 2017. 
  78. . (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  79. ↑ . Newsen (em coreano). 6 de março de 2015. Consultado em 23 de março de 2017. 
  80. ↑ 정아란. . Yonhap News Angency (em coreano). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  81. ↑ . (em inglês). 23 de julho de 2015. Consultado em 23 de março de 2017. 
  82. . (em inglês). 23 de abril de 2015. Consultado em 2 de abril de 2017. 
  83. . Sina (em mandarim). 22 de abril de 2015. Consultado em 12 de novembro de 2016.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  84. . Nate News (em coreano). 23 de abril de 2015. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  85. ↑ . Asia Today (em inglês). 29 de maio de 2015. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  86. ↑ (em inglês). KpopStarz UK. 28 de maio de 2015. Consultado em 14 de janeiro de 2017. 
  87. ↑ . The Korea Times (em inglês). 12 de outubro de 2015. Consultado em 14 de abril de 2017. 
  88. . koogle.tv (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  89. Ahn, Sung-mi (20 de abril de 2015). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  90. Lee, Jinho (9 de novembro de 2015). . Mwave (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  91. Ahn, Sung-mi (19 de novembro de 2015). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 14 de abril de 2017. 
  92. ↑ . Asia Today (em coreano). 12 de junho de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  93. ↑ (em coreano). Nate. 1 de dezembro de 2015. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  94. Sung, So-young (3 de fevereiro de 2016). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 26 de março de 2017. 
  95. ↑ Jin Min-ji (9 de junho de 2016). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 26 de março de 2017. 
  96. ↑ Kim, Soo-hyang (8 de junho de 2016). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 26 de março de 2017. 
  97. . Gaon (em coreano). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  98. ↑ Benjamin, Jeff (14 de junho de 2016). . (em inglês). Consultado em 26 de março de 2017. 
  99. . Yonhap News Agency (em inglês). 18 de agosto de 2016. Consultado em 27 de março de 2017. 
  100. Lee, Bora (3 de dezembro de 2016). . Mwave (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  101. . Yonhap News Agency (em inglês). 16 de janeiro de 2017. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  102. (em coreano). Sports Donga. 24 de junho de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  103. Jin, Min-ji (4 de agosto de 2016). . The Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 27 de março de 2017. 
  104. Lee, Sang-won (22 de julho de 2016). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 27 de março de 2017. 
  105. ↑ . Yonhap News Agency (em inglês). 1 de julho de 2016. Consultado em 26 de janeiro de 2017. 
  106. . Newsen (em coreano). 1 de agosto de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  107. Jin, Min-ji (13 de agosto de 2016). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  108. . Gaon (em coreano). Korea Music Content Industry Association. 14 de setembro de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  109. . Yonhap News Agency (em inglês). 12 de agosto de 2016. Consultado em 27 de março de 2017. 
  110. . Billboard (em inglês). 6 de setembro de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  111. . Gaon (em coreano). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 25 de janeiro de 2017. 
  112. . Korea JoongAng Daily (em inglês). 13 de setembro de 2016. Consultado em 27 de março de 2017. 
  113. . The Daily Sports (em coreano). 18 de setembro de 2016. Consultado em 27 de janeiro de 2017. 
  114. . Billboard (em inglês). 15 de outubro de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2016. 
  115. . 네이트뉴스 (em coreano). 30 de março de 2017. Consultado em 1 de maio de 2017. 
  116. . Billboard JAPAN (em japonês). Consultado em 23 de dezembro de 2016. 
  117. Para acessá-lo, selecione o ano e o mês indicados
  118. . Oricon (em japonês). Consultado em 25 de dezembro de 2016. 
  119. Jackson, Julie (19 de dezembro de 2016). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 27 de março de 2017. 
  120. Chung, Jin-hong (15 de dezembro de 2016). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 27 de março de 2017. 
  121. . Weibo (em chinês). 16 de dezembro de 2016. Consultado em 22 de dezembro de 2016. 
  122. . MBC Star (em coreano). 26 de dezembro de 2016. Consultado em 30 de dezembro de 2016. 
  123. . The Daily Sports (em coreano). 26 de dezembro de 2016. Consultado em 30 de dezembro de 2016. 
  124. . Yonhap News Agency (em inglês). 28 de dezembro de 2016. Consultado em 27 de março de 2017. 
  125. . (em inglês). 29 de dezembro de 2016. Consultado em 7 de março de 2017. 
  126. . Yonhap News Agency (em inglês). 30 de março de 2017. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  127. . SBS PopAsia (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2017. 
  128. Kim, Monica (28 de julho de 2017). (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2017. 
  129. . 파이낸셜뉴스 (em coreano). Naver. 23 de junho de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017. 
  130. . 스타뉴스 (em coreano). 23 de junho de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017. 
  131. Park, Soo-in (17 de julho de 2017). . 헤럴드 팝 (em coreano). Consultado em 17 de julho de 2017. 
  132. . Osen (em coreano). 17 de julho de 2017. Consultado em 17 de julho de 2017. 
  133. . 헤럴드 POP (em coreano). 10 de julho de 2017. Consultado em 10 de julho de 2017. 
  134. Desempenho de "Ko Ko Bop" no Gaon e na Billboard:
  135. . SBS PopAsia (em inglês). 7 de agosto de 2017. Consultado em 7 de agosto de 2017. 
  136. . Osen (em coreano). 12 de agosto de 2017. Consultado em 31 de agosto de 2017. 
  137. Desempenho de The War no Gaon e na Billboard:
    • . (em coreano e inglês). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 2 de agosto de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
    • (em inglês). 5 de agosto de 2017. Consultado em 2 de agosto de 2017. 
  138. . Billboard 
  139. . Yonhap (em inglês). 1 de dezembro de 2017. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  140. . Sports Chosun (em coreano). 29 de agosto de 2017. Consultado em 29 de agosto de 2017. 
  141. . Soompi (em inglês). 14 de setembro de 2017. Consultado em 14 de setembro de 2017. 
  142. (em coreano). 15 de setembro de 2017. Consultado em 27 de setembro de 2017. 
  143. . Koreaboo (em inglês). 2 de julho de 2018 
  144. Herman, Tamar (5 de dezembro de 2017). . Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  145. . Osen (em coreano). 14 de dezembro de 2017. Consultado em 14 de dezembro de 2017. 
  146. . News1. 19 de dezembro de 2017. Consultado em 19 de dezembro de 2017. 
  147. (em coreano). Consultado em 10 de fevereiro de 2018
  148. . The National. Consultado em 10 de fevereiro de 2018
  149. . (em inglês). 31 de janeiro de 2018. Consultado em 27 de fevereiro de 2018
  150. . . Consultado em 10 de fevereiro de 2018
  151. . www.riaj.or.jp. Consultado em 10 de fevereiro de 2018
  152. ↑ . Billboard. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 10 de fevereiro de 2018
  153. (em coreano). Consultado em 10 de fevereiro de 2018
  154. Herman, Tamar. . Forbes (em inglês) 
  155. . Billboard 
  156. Rizzo, Laura. . Elite Daily (em inglês) 
  157. . Metro (em inglês). 17 de maio de 2018 
  158. Chung, Jin-hong (5 de outubro de 2016). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 31 de março de 2017. 
  159. Lee, Sang-won (24 de outubro de 2016). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 31 de março de 2017. 
  160. Chung, Jin-hong (25 de outubro de 2016). . Korea JoongAng Daily (em inglês). Consultado em 31 de março de 2017. 
  161. Sun, Mi-kyung (15 de novembro de 2016). . Korea Daily (em coreano). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  162. ↑ . Gaon (em coreano e inglês). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 4 de agosto de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  163. . EXO(エクソ) OFFICIAL WEBSITE (em japonês). Consultado em 24 de maio de 2017. 
  164. . ORICON (em coreano e japonês). 27 de junho de 2017. Consultado em 28 de junho de 2017.  !CS1 manut: Língua não reconhecida ()
  165. . Oricon (em japonês). Consultado em 31 de maio de 2017. 
  166. . Billboard 
  167. (em coreano) 
  168. . gaonchart.co.kr. Consultado em 12 de agosto de 2018
  169. . Soompi (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2018
  170. . Soompi (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2018
  171. . Billboard JAPAN (em japonês) 
  172. Rumy Doo (21 de outubro de 2016). . The Kpop Herald. The Korea Herald. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  173. . Yonhap News Agency. 21 de outubro de 2016. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  174. (em chinês). Xiami. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  175. (em coreano) 
  176. . allkpop 
  177. ↑ (em inglês). . 16 de maio de 2014. Consultado em 27 de fevereiro de 2017. 
  178. . Baidu (em chinês). Consultado em 25 de fevereiro de 2017. 
  179. . Newsen (em coreano). 28 de novembro de 2013. Consultado em 23 de março de 2017. 
  180. . Mwave (em coreano). 9 de maio de 2014. Consultado em 23 de março de 2017. 
  181. Ock, Hyun-ju (11 de agosto de 2014). . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. Consultado em 28 de março de 2017. 
  182. (em inglês) 
  183. (em inglês) 
  184. . SBS PopAsia (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2018
  185. . The Kpop Herald (em inglês). The Korea Herald. 15 de novembro de 2013. Consultado em 24 de março de 2017. 
  186. . SBS PopAsia (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2018
  187. Benjamin, Jeff (1 de novembro de 2013). . (em inglês). Consultado em 20 de novembro de 2016. 
  188. . MyDaily (em coreano). 15 de setembro de 2017. Consultado em 15 de setembro de 2017. 
  189. (em coreano) 
  190. . FashionKorea (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2017..  
  191. . MWave (em inglês). 8 de agosto de 2013. Consultado em 9 de fevereiro de 2017. 
  192. (em coreano). Asia Economy. 28 de agosto de 2013. Consultado em 9 de fevereiro de 2017. 
  193. . kpoptown.com. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  194. (em coreano). 아시아경제. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  195. . Ivy Club. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  196. . Naver (em coreano). Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  197. . yam蕃薯藤新聞 (em chinês). Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  198. . en.lottedfs.com. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  199. (em coreano). EDAILY. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  200. . Nate (em coreano). Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 
  201. . Han Cinema (em inglês). 5 de dezembro de 2012. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  202. . 아주경제 (em inglês). 19 de junho de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  203. . Telecompaper (em inglês). 18 de julho de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  204. (em coreano). S.M. Entertainment. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. 
  205. (em inglês). Destination K-pop. 15 de janeiro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. 

O possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre



Похожие новости


Red t shirt back photo
Light blue dresses for sweet 16 2018
Bandage dresses for less 2018
Ancient egyptian hairstyles 2018
Elegant wedding ideas 2018 ( photo )




ШОКИРУЮЩИЕ НОВОСТИ